Ex-coletor de lixo vira coordenador de enfermagem em hospital do Governo de Goiás

Cristiano de Lima supera dor com a morte do pai e transforma medo e tristeza em oportunidade, após concluir curso de enfermagem

Cristiano de Lima, em sua nova rotina de coordenador de enfermagem: “Transformei o medo em decisão”

Nem o aumento no número de casos de coronavírus desanimou o mais novo coordenador de enfermagem do Hospital Regional de Luziânia, Cristiano de Lima, 38 anos, que nunca desistiu do sonho de ajudar as pessoas dentro dos hospitais. O HRL, unidade do Governo de Goiás no é o maior hospital no Entorno do Distrito Federal a tratar pacientes diagnosticados com Covid-19.

“O medo de ficar doente é diário, mas sempre tive a certeza de que estou fazendo o que é certo. Não deixei a alta dos casos me desanimar. Cada plantão é uma vitória, pois os pacientes dependem da equipe de enfermagem para sobreviver àquela situação, que dá muito medo”, afirma Lima, emocionado.

Lima deu uma guinada na vida em 2009, quando perdeu o pai. Naquele momento, com medo, triste e angustiado, decidiu que o caminho era ajudar as pessoas. Procurou um emprego na área administrativa de um grande hospital em Goiânia. Na entrevista de emprego, porém, descobriu que a única vaga disponível era para coletor de lixo hospitalar.

Durante um ano, Lima subiu e desceu os andares, observando os cuidados da equipe de enfermeiros e médicos com os pacientes. Dedicado ao trabalho, o coletor conseguiu uma vaga no corpo administrativo. E daí foi um pulo para começar o curso de enfermagem.

Após os cinco anos, tornou-se enfermeiro, e as oportunidades se abriram. Em maio de 2020, passou no processo seletivo para integrar o corpo hospitalar do HRL, no cargo de enfermeiro assistencial, trabalhando com centenas de pacientes na enfermaria da unidade.

Os meses passaram e o HRL tornou-se referência no Estado e na região, sendo responsável por mais de 500 altas. O empenho do hospital em tratar as pessoas e a dedicação de Cristiano Lima interferiram de forma positiva na sua trajetória profissional. Em poucos meses, teve o reconhecimento da equipe de saúde e da direção do HRL, tornando-se coordenador.

“No início, fiquei receoso. A responsabilidade aumentaria. Mas, como fiz em 2009, quando transformei o medo em decisão, aceitei o desafio. Só tenho a agradecer porque o Imed é criterioso na escolha de seus profissionais. Tenho certeza de que meu pai está orgulhoso de mim”, disse o coordenador, quase sem conter a euforia.

Oportunidades
O Instituto de Medicina, Estudos e Desenvolvimento – Imed, responsável pela administração do HRL, abre frequentemente processos para a contração de profissionais e tem plano de carreira para o crescimento profissional de seus funcionários.

Com uma equipe altamente qualificada de profissionais experientes, o HRL promove capacitação constante dos recém-formados. Ângela Chagas, gestora de Recursos Humanos, explica que todos os colaboradores passam por treinamentos mensais em diferentes áreas.

“Nos últimos 12 meses, realizamos nos hospitais cerca de 14.227 horas de treinamento técnico, desenvolvimento de líderes, saúde e amparo emocional. Dar apoio pessoalmente aos nossos colaboradores faz parte do dia a dia da operação pra um melhor resultado”, explicou.

O hospital conta também com um modelo de gerenciamento com indicação de um líder por setor, o que auxilia na conquista de metas pelos colaboradores. “O líder tem um papel fundamental no hospital, por isso cada setor da unidade possui um. Ele deve ser capaz de motivar e conduzir os liderados para que eles possam confiar no objetivo proposto pela equipe. Além de administrar o trabalho, ser flexível e ter visão do futuro, ele deve ter a habilidade de enxergar o ser humano como indivíduo único”, acrescenta a gestora.

Luiz Fernando Fernandes (texto e foto)/Imed

Fonte: SAÚDE GO

About Goiás em Notícias

Check Also

Goiânia busca talentos em processo seletivo para trabalhar na prefeitura

Processo seletivo está disponível para 16 cargos na Secretaria de Prioridades Estratégicas. Inscrições seguem até …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *