Morre segunda vítima do atentado em imobiliária de Ipameri

Morreu na última sexta-feira (12), o dono de imobiliária Antônio Claret Abrão, que foi baleado por Waldivino Cordeiro dos Santos em Ipameri, a 199 quilômetros de Goiânia. Waldivino incendiou a própria casa e atirou em outras três pessoas no município. A outra vítima fatal do atentado é o corretor de imóveis Orlando Vaz.

Após cometer os crimes, Waldivino Cordeiro atirou na própria cabeça.

Segundo o delegado Diogo Andrade, Waldivino colocou fogo na própria casa e depois saiu armado e matou o corretor Orlando Vaz a tiros dentro de uma imobiliária. No local, ele atirou em mais duas pessoas – sendo que uma delas era o dono do local. Em seguida, Waldivino deixou a imobiliária e entrou em um supermercado, onde atirou contra uma funcionária.

As vítimas do caso são: Orlando Vaz, morto a tiros dentro da imobiliária; Antônio Claret Abrão, que foi socorrido mas morreu no hospital; a funcionária da imobiliária Doralice Rosa de Sousa, que está internada; e a funcionária do supermercado Jéssica Santos, que também está internada.

Os feridos foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros e levados para um Hospital de Catalão. Foi na unidade de saúde que Antônio Claret morreu. O hospital não informou o estado de saúde das outras duas pacientes.

De acordo com a Polícia Civil (PC), a imobiliária havia pedido a desocupação do imóvel onde Waldivino Cordeiro morava. O idoso também tinha dívidas no supermercado onde baleou a funcionária.

About dptoconteudo dptoconteudo

Check Also

Extração de pequi cresce 8,1% em Goiás

Damianópolis, Santa Terezinha de Goiás, Sítio d’Abadia, Campos Verdes e Crixás lideraram a extração de …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.