Patrimônio declarado por Gustavo Mendanha à Justiça aumenta 156% em dois anos

O ex-prefeito de Aparecida Gustavo Mendanha (Patriota) foi o primeiro a oficializar sua candidatura a governador junto à Justiça Eleitoral e a fazer a declaração obrigatória de patrimônio. Mendanha declarou ter R$ 946.133,99 em bens.

Em 2020, quando disputou a reeleição para o cargo de prefeito de Aparecida, Mendanha havia declarado R$ 368.435,31. O aumento foi de 156%.

O patrimônio atual engloba, entre outros bens, duas casas (de R$ 294 mil e R$ 360 mil), além de veículos e depósitos bancários.

“Disseram que eu não teria partido, disseram que eu não renunciaria, disseram que eu não teria chapa, disseram que eu não seria candidato… Candidatura registrada. E agora, o que vão dizer?”, escreveu no Twitter ainda na terça-feira (9).

Candidato a vice-governador na chapa de Mendanha, o ex-deputado federal Heuler Cruvinel (Patriota) informou patrimônio de R$ 2.569.252,05 ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Boa parte é formada por  bens imóveis.

Desde o último dia 5, os candidatos podem registrar suas candidaturas e declarar seus bens à Justiça Eleitoral. Os partidos tem até 15 de agosto para pedir o registro de chapas.

Fonte: Mais Goiás

About dptoconteudo dptoconteudo

Check Also

Extração de pequi cresce 8,1% em Goiás

Damianópolis, Santa Terezinha de Goiás, Sítio d’Abadia, Campos Verdes e Crixás lideraram a extração de …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.